VONTADE ou NECESSIDADE ou DEMANDA ou REIVINDICAÇÃO


Como anda o clima organizacional em sua empresa?

Quais são as últimas conversas de corredor ou no cafezinho?

Entre todas as responsabilidades burocráticas de Recursos Humanos e, além das atividades das demais áreas de RH como Treinamento, Salários, Segurança do Trabalho, DP, entre outras, há também aquelas responsabilidades que não são oficiais, mas que dão mais trabalho do que as atividades regulares.

E por que isto acontece?

Nosso dia a dia é muito corrido. As demandas por resultados, mais qualidade, prazos, economias, são consumidoras vorazes de tempo e acabamos não prestando muita atenção do que está ocorrendo em nossa volta e não ouvimos as vozes do corredor ou da fábrica.

É no corredor ou no cafezinho que surgem algumas “vontades” entre os empregados. Estas vontades podem ser traduzidas em coisas simples, como por exemplo alguém fala: “por que a empresa não implanta horário flexível”, “por que a empresa não melhora a refeição servida aos empregados”, “por que o Sr. X, chefe do Departamento “Y” não é advertido, pois, ele vive gritando com seus subordinadas”. Estes são pequenos (as vezes grandes...) exemplos que ocorrem em muitas empresas e passam de um bate papo sem compromisso no cafezinho, para uma “necessidade”, pois a insatisfação vai aumentando e pode chegar a uma “demanda”.

Nesse ponto a coisa ficou séria. Uma demanda é algo que poderá gerar insatisfação geral, despesas não previstas, perda de credibilidade dos gestores, culminado com uma “reivindicação”.

Qual é o papel de RH em um cenário como este?

Bem, são várias as ações e atitudes que “todo” time de RH deve assumir. Vejamos:

  • Não desprezar nenhuma informação que chega até RH. Ouvir atentamente, pesquisar a veracidade e não emitir opinião externamente.

  • Demonstrar confiança e empatia em todo relacionamento com os colegas de outros departamentos. Dedique tempo para ouvir quem quiser falar.

  • Comprovada a necessidade de mudança em algum procedimento, política ou benefício, prepare uma proposta com todas informações para apresentar a seus superiores incluindo os pontos positivos e negativos do que está sendo submetido, bem como os benefícios que esta medida trará para a Organização.

  • Em conseguindo aprovação, faça divulgação na empresa. Celebre.

​Não deixe uma simples “vontade” de um grupo pequeno de empregados virar uma “reivindicação” de toda a empresa. Sairá muito mais caro!

Não percam, na próxima publicação vamos falar sobre programa de comunicação entre RH e todos os empregados... RH e VOCÊ!

Antonio Trujillo

Consultor de Recursos Humanos


32 visualizações
PARCEIROS
Associação de BPO
Selo-Certificado_ABRAPSA_pq.png
Oracle_Parceiro Populis
YKP_parceiro populis
BDO parceiro Populis

GLR | POPULIS | Tecnologia & Recursos Humanos

 

Rua Pequetita, 145  |  7º Andar |  V.Olímpia | SP

contato@populisrh.com | Fone: 11 2665-8161

Política de Privacidade